Como resolver problemas de convivência em condomínios?

Problemas de convivência

Os problemas de convivência em condomínios não são nenhuma novidade e ocorrem com frequência pelo mais diversos motivos. A Pro Domo reuniu três problemas frequentes de convivência e para saber como resolvê-los, continue lendo o artigo.

3 problemas frequentes de convivência em condomínios

1. Animais

Nossos pets podem causar muito incômodo para os vizinhos devido aos latidos, cheiro ou fezes deixadas em locais inapropriados. Mas, como resolver?
No regulamento interno tem de estar detalhado o quesito animais, envolvendo os locais que eles podem ter acesso, se devem usar coleira ou focinheira e se devem transitar no colo dos donos.

A educação dos pets dependem única e exclusivamente do dono. Este tem de ter em mente que a sua atitude afeta o restante dos condôminos.

2. Crianças

É sabido que em condomínios e em comunidades em geral, para tudo tem horário, certo? Preste atenção nos horários em que as crianças descem para o playground e organize-se de acordo com o regulamento interno do condomínio.

As áreas de lazer específicas no prédio são muito importantes, uma vez que o barulho faz parte do comportamento das crianças em parquinhos. Porém, é sempre necessário ter bom senso e permitir que as crianças brinquem apenas nos horários permitidos, ou seja, que não incomodarão os outros condôminos.

3. Festas

Festas podem incomodar por inúmeros motivos, como fumaça de cigarro, barulho de música ou lixo. O importante é evitar ao máximo qualquer ação judicial, pois são pequenos problemas que levarão tempo para serem revolvidos e, muitas vezes, acabam não dando em nada.

Nesse caso, conheça bem o regulamento interno do condomínio e a lei da vizinhança, a qual muitas vezes restringe o limite máximo de decibéis e determina períodos de silêncio, punindo quem desrespeitar.

Evite ao máximo estes problemas e consulte sempre o regulamento interno do condomínio. Com bom senso e diálogo é possível que todos possam conviver em harmonia.

Se houver dúvidas sobre o tema, procure uma Administradora de Condomínios para tirar suas dúvidas e fornecer orientações para a resolução de qualquer problema em seu condomínio.

Comente pelo Facebook

Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>