Dicas de relacionamento entre funcionários e moradores no condomínio

Dicas de relacionamento entre funcionários e moradores no condomínio

Relacionar-se com pessoas não é uma tarefa fácil. Opiniões diferentes, interesses pessoais e outros fatores acabam influenciando para uma convivência harmoniosa. Tudo é mais complicado quando existe nível de hierarquia, e essa é formada de maneira vertical. Citamos, como exemplo, os condomínios, onde em sua maioria são organizados com níveis de responsabilidade e a figura do síndico surge como um “líder”.

Apesar de ser um ambiente menos formal que uma empresa, os funcionários de um condomínio devem se preocupar com sua postura profissional, pois problemas de relacionamento podem interferir na qualidade de vida e o convívio dentro ambiente habitacional. Para que a harmonia prevaleça, há diversos fatores a serem considerados. O síndico é presente? O zelador é eficiente? As regras do convívio e trabalho estão claras para todos e são reforçadas de tempos em tempos?

Para te ajudar, nós, da Pro Domo, separamos algumas dicas importantes sobre o papel do síndico em manter um bom relacionamento entre funcionários e moradores em um condomínio, confira:

  • O síndico é o “líder”. Quem dita as regras – e faz com que sejam cumpridas por funcionários e moradores.
  • Ele não pode, por exemplo, permitir que algum morador – ou vários – dêem ordens ou broncas seguidamente nos funcionários. Dependendo da abordagem, o prestador de serviços pode considerar aquilo como assédio moral, e ingressar com ação na Justiça do Trabalho. Se ganhar, todo o condomínio será penalizado.
  • Mais uma ajuda que o síndico pode oferecer no bom relacionamento entre moradores e funcionários é uma reciclagem periódica para os últimos. Com a possibilidade de fazer um curso de aprimoramento, o colaborador se sente prestigiado e tende a trabalhar mais satisfeito.
  • É, também, função do síndico estabelecer um canal de comunicação no condomínio por excelência entre moradores e colaboradores. Por exemplo, no caso de queixa de alguma das partes, o síndico deve ser o primeiro a ser notificado e assim poder tomar as providências cabíveis em relação a todos os envolvidos.

Aqui, apresentamos como a atuação de um administrador de condomínios pode fazer a diferença na relação entre funcionários e moradores. Importante salientar que nem tudo depende desse profissional e que cada um deve ter ciência de seu papel para que o convívio seja em paz e harmonioso.

Comente pelo Facebook

Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>